Advogado Pode fazer Propaganda no Instagram? Regras da OAB

Descubra se advogado pode fazer propaganda no Instagram, o que diz a OAB, se é possível publicidade paga e confira ideias de posts jurídicos.

por Alessandra Strazzi

9 de novembro de 2023

Comentáriosver comentários

Capa do post Advogado Pode fazer Propaganda no Instagram? Regras da OAB

Resumo:

Com o Provimento n. 205/2021, a OAB passou a ter previsão expressa do que a advocacia poderia ou não fazer nas redes sociais. Neste artigo, explicamos se advogado pode fazer propaganda no instagram, quais são as regras, se é permitida a publicidade paga, quais são as vantagens, o que pode ser postado, o que não é permitido postar. Também compartilhamos ideias de posts jurídicos e dicas para você ter sucesso em suas estratégias de marketing de conteúdo.

1) Advogado pode fazer propaganda no Instagram?

🧐 Uma dúvida de muitos colegas é se advogado pode fazer propaganda no Instagram , já que a rede social é muito usada e tem um grande alcance de público.

Além de ser importante, o assunto é muito interessante e um dos maiores destaques no mundo jurídico atualmente, como inclusive demonstrou o Censo Jurídico 2023.

Por esse motivo, decidi escrever o artigo de hoje, para trazer explicações bem detalhadas sobre o tema, além de dicas para você aplicar no seu dia a dia!

🤓 Para começar, quero comentar as regras de marketing jurídico no Instagram e a questão publicidade paga. Inclusive, vou aproveitar para pontuar as vantagens dessa modalidade de postagem.

Depois, vou falar sobre o que o advogado pode e não pode postar, compartilhando algumas ideias de posts para a rede social.

Tudo isso para lhe ajudar a aproveitar ao máximo o Instagram e torná-lo um poderoso aliado na prospecção de clientes!

Depois me conta se gostou nos comentários, aceito sugestão de temas também! 😉

advogado pode fazer propaganda no instagram

2) Marketing Jurídico no Instagram: pode publicidade paga?

A presença do advogado nas redes sociais é permitida, o que significa que é possível fazer marketing jurídico no Instagram e em outras plataformas. Contudo, existem alguns detalhes importantes.

📜 O conteúdo das postagens precisa respeitar o Código de Ética da OAB , além de seguir as disposições do Provimento n. 205/2021 do CFOAB.

Senão, o advogado pode ter sérios problemas com os TEDs (Tribunais de Ética e Disciplina)!

“Mas posso fazer publicidade paga na rede social, Alê?”

Muitas vezes, os posts “orgânicos” não têm o alcance desejado. E, evidentemente, o impulsionamento pago, (patrocinado) faz com que o conteúdo seja mais divulgado pela plataforma. Por isso, é natural que os colegas considerem esta opção.

Como a advocacia julga ser importante investir em marketing jurídico e prospecção de novos clientes, esse “empurrão” nas postagens é uma possibilidade atraente.😍

Acontece que muitos advogados têm dúvidas sobre essa atitude ser ou não permitida atualmente, já que as regras são rígidas.

Felizmente, desde o Provimento n. 205/2021, existe uma resposta clara para esse questionamento:

“Art. 5º – A publicidade profissional permite a utilização de anúncios, pagos ou não , nos meios de comunicação não vedados pelo art. 40 do Código de Ética e Disciplina.” (g.n.)

Em seu Anexo único, ele ainda permite oficialmente o patrocínio e o impulsionamento de publicações no Instagram ou em outras redes sociais, desde que não caracterize oferta :

Patrocínio e impulsionamento nas redes sociais Permitido, desde que não se trate de publicidade contendo oferta de serviços jurídicos. (g.n.)

Ou seja, o advogado pode fazer propaganda no Instagram, inclusive com publicidade paga, desde que respeite os limites!

2.1) Quais as vantagens da publicidade paga?

Quando o Provimento n. 205/2021 trouxe a previsão de que o patrocínio das redes sociais, com o impulsionamento de postagens, era permitido, muitos advogados comemoraram. Afinal, a norma anterior não era clara e cada TED tinha um entendimento.

🤔 “Mas Alê, quais as vantagens do marketing jurídico no Instagram ser pago?”

Como eu disse no tópico anterior, a primeira delas é o alcance das suas postagens na rede social.

Imagine que você publica um post sobre a aposentadoria híbrida no perfil do seu escritório sem qualquer patrocínio. Esse post vai ser distribuído entre seus seguidores de uma forma orgânica, “natural”.

Mas isso sequer significa que as pessoas que seguem o perfil do seu escritório provavelmente visualizarão aquela postagem em algum momento.

Já faz um bom tempo que a distribuição orgânica das postagens, principalmente de páginas profissionais, foi limitada pelas plataformas.

Na minha interpretação, fizeram isso justamente para forçar o uso das ferramentas pagas, mas isso é assunto para outro tipo de blog, hehe!

Se o perfil for aberto, os visitantes que forem consultar alguma informação podem ver o post. Essa publicação também pode ser encaminhada para outras pessoas, mas é só.

💰 Já se essa postagem for patrocinada , ela terá um impulsionamento no Instagram e muitos outros usuários terão contato (mesmo que não sejam seus seguidores). Ou seja, o alcance é bem maior, se comparado a uma distribuição orgânica.

Você pode até mesmo escolher qual tipo de pessoa você quer que veja o post. Por exemplo: quem mora em uma determinada cidade, quem tem uma certa idade, etc. Isso faz com que o resultado da sua campanha seja mais efetivo.

Mas uma publicidade paga não tem como única vantagem o fato de “aparecer” para mais gente, apesar disso ser muito importante.

O marketing jurídico no Instagram com auxílio do impulsionamento traz mais visualizações, engajamento e aumenta a conversão , transformando seus seguidores (e outros usuários da rede social) em clientes.

Então, entre outras vantagens, aquele post patrocinado sobre um benefício previdenciário se converte, em maior ou menor grau, em novos contratos e mais honorários.

3) Ideias de Post Jurídico para Instagram

Uma vez destacado que é possível para o advogado fazer post jurídico para o Instagram , até mesmo na modalidade patrocinada, acho interessante trazer algumas observações e ideias de postagens para você.

Acredito que com essa ajudinha, você pode ter várias inspirações para turbinar sua rede social! 😉

Importante dizer que não conseguiria trazer todas as possibilidades de postagens, porque existem muitas na prática. Cada área do Direito também tem particularidades que se adequam melhor a cada tipo de post.

Além disso, o foco das minhas ideias de post jurídico para Instagram aqui será o Direito Previdenciário , ok?

Afinal, é minha área de atuação e produção de conteúdo para marketing jurídico! 🤗

3.1) O que o advogado pode postar no Instagram?

Antes de passar a falar sobre as ideias de posts, quero esclarecer o que o advogado pode postar no Instagram. Isso, além de lembrar algumas regras essenciais para evitar problemas.

⚖️ Basicamente, a publicidade na advocacia já era permitida pela OAB anteriormente. Mas o termo marketing jurídico e autorização expressa para essa atividade só vieram com o Provimento n. 205/2001.

A norma prevê que os posts devem seguir as limitações previstas pelo Código de Ética e Disciplina da OAB, pelo Estatuto da OAB e pelo próprio Provimento.

🧐 A postagem no Instagram (ou em qualquer outra rede social) pode ser feita desde que tenha informações verdadeiras , objetivas e conteúdo adequado.

O conteúdo da publicidade profissional do advogado, segundo o próprio Provimento n. 205/2021, deve ser sóbrio, informativo e discreto. É assim que o marketing jurídico no Instagram precisa ser para evitar qualquer discussão com os TEDs.

Ou seja, o conteúdo dos posts pode apresentar informações, trazer explicações sobre assuntos atuais, temas de interesse da audiência etc.

👉🏻 O advogado pode produzir conteúdo no Instagram (inclusive com o auxílio de Inteligência Artificial, como Chat GPT), através de todos os recursos da plataforma:

  • Stories;
  • Reels;
  • Posts (postagens estáticas no feed ou em formato de carrossel);
  • Lives.

É claro que tudo deve seguir as regras da OAB. Mas, mesmo com as restrições, dá para publicar muita coisa interessante e que traz engajamento do público.

👩🏻‍⚖️👨🏻‍⚖️ Para exemplificar, é possível fazer um stories comentando, em caráter de informação, os pontos principais de um julgamento no Supremo Tribunal Federal.

Como o que comentei no artigo sobre o Tema n. 1.271 do STF, que vai decidir sobre a constitucionalidade da Reforma da Previdência em relação ao tratamento do menor sob guarda para fins previdenciários.

Também dá para publicar um post com informações sobre a retroação da DIC, explicando quais são as possibilidades de revisão para os segurados. 🗓️

Aproveite para investir em um design bonito, com logomarcas, imagens e identidade visual personalizada. Isso ajuda a se diferenciar, estabelecer conexão com a audiência e construir uma imagem de autoridade na área, o que é excelente para a advocacia! 😍

3.2) O que o advogado NÃO pode postar no Instagram?

Agora que você já viu o que é permitido, é fundamental ter em mente o que o advogado não pode postar no Instagram.

Em geral, posts que envolvem ostentação , captação de clientela , mercantilização e incentivo ao litígio como “ganho de causa” não podem ser feitos por perfis de advocacia na rede social.

Se isso acontecer, a OAB pode acionar os TEDs e as consequências podem ser bem desagradáveis. ❌

“Alê, mas onde posso conferir o que é ou não permitido?”

O Provimento n. 205/2021 do CFOAB traz uma lista de condutas proibidas , que se aplicam a publicidade na advocacia, seja ela paga ou orgânica:

  • Fazer qualquer publicação com referência a valores de honorários, meios de pagamento, gratuidades, descontos ou reduções de preços, de forma direta ou indireta. Isso visa evitar a captação de clientes ;

  • Divulgar, por meio de stories, reels, lives ou posts, informações falsas que possam levar clientes, outros advogados e pessoas em geral a erro, causando dano. O que significa que o advogado não pode postar conteúdo não verdadeiro no Instagram;

  • Anunciar, por meio da bio (descrição) da rede social ou em postagens, que é especialista em uma área sem título ou notória especialização. Essa determinação busca evitar propaganda falsa;

  • Usar , nas publicações do Instagram, frases ou expressões com intenção de persuadir a audiência , engrandecer a si ou comparar-se com vantagens. O que é comum em outros ramos (por exemplo, “Sou o advogado mais capacitado em direito tributário do Brasil”), não pode ser feito no marketing jurídico;

  • Fazer postagens que caracterizem mercantilização da atividade , que não sejam sóbrias, incentivem os clientes a entrarem com processos e de ostentação;

  • Em lives , comentar causas de outros advogados , abordar temas que ofendem a dignidade da profissão ou da OAB, responder com habitualidade a consultas em matéria jurídica e insinuar-se nas declarações;

  • Divulgar ou prometer em stories (ou outras postagens) a distribuição de brindes, de material impresso, sorteios ou afins. Apesar de ser permitida a entrega gratuita de materiais de caráter informativo.

🧐 É importante sempre lembrar que a publicidade na advocacia, por mais que seja permitida, precisa respeitar as determinações da OAB. Ela deve ser sóbria, trazer informações, orientações gerais e ser discreta, de caráter realmente profissional.

Por exemplo, o advogado não pode postar no Instagram é um stories do tipo “ostentação”, dirigindo um carro de luxo e se gabando do sucesso de sua atuação.

Outra situação proibida é live de captação de clientela, com conteúdo induzindo potenciais clientes ao erro e a litigância, alegando que o escritório domina uma tese com altíssima taxa de sucesso. A famosa causa ganha.🙄

Essas atitudes, além de vedadas em qualquer situação, prejudicam não só a imagem da advocacia, como o próprio advogado, que será responsabilizado.

Está gostando do artigo? Clique aqui e entre no nosso grupo do Telegram! Lá costumo conversar com os leitores sobre cada artigo publicado. 😊

3.2.1) Na dúvida, verifique antes de postar!

Apesar de ter mostrado para você uma lista considerável do que o advogado não pode postar no Instagram, existem sempre outras situações que causam dúvidas. Afinal, ainda mais com as novas tecnologias e as redes sociais, as novidades não param de aparecer.

🧐 Se está inseguro sobre uma determinada postagem, o conteúdo de uma live ou um stories, o melhor é prevenir.

Cheque as normas, faça uma consulta a OAB e procure saber o que diz o TED do seu Estado!

3.3) Exemplos de Post Jurídico para Instagram

🤓 Esclarecido o que o advogado pode ou não publicar, chegou a hora de lhe trazer alguns exemplos de post jurídico para o Instagram.

Antes de mais nada, preciso dizer que é importante fazer posts relacionados a serviços para os quais você querprospectar os clientes. Ou seja, respeitar o seu nicho de atuação.

Por exemplo, se você atua na área previdenciária e deseja conquistar mais contratações de seguradas que recebem auxílio-maternidade, uma postagem sobre o Tema n. 1.274 do STF é interessante.

Afinal, o julgamento vai definir se a empregada deve ou não contribuir para o INSS sobre o valor do benefício.😉

Então, stories com destaques sobre o julgamento, explicações sobre o auxílio-maternidade e informações relevantes do assunto seria ótimo para atrair a atenção de potenciais clientes.

👩🏻‍⚖️👨🏻‍⚖️ Outra ideia é fazer uma publicação explicando os detalhes do Tema n. 1.207 do STJ, que vai tratar da compensação de benefícios não acumuláveis concedidos administrativa e judicialmente.

Como existem muitos segurados que entraram na justiça, mas antes de sair a decisão final acabaram conseguindo a prestação administrativamente, esse julgamento é muito importante. Um post sobre ele atrairia quem está nessa situação, familiares e conhecidos.

Além disso, um instrumento poderoso no Instagram são as lives , que permitem ainda mais contato com a audiência por meio dos comentários. 🤗

Faça uma live em tom informativo sobre os benefícios previdenciários relacionados aos serviços que o seu escritório oferece.

As aposentadorias (por idade, híbrida, rural, especial, por tempo de contribuição, regras de transição), auxílio por incapacidade temporária e pensão por morte podem ser temas de muito interesse do seu público!

Aproveitar as maiores dúvidas de seus clientes para produzir conteúdo é uma alternativa bem prática para manter a constância das postagens com pautas que surgem no dia a dia.

Elencar os erros mais comuns que dificultam o reconhecimento do direito em determinada área, mostrar as vantagens e desvantagens de adotar determinadas estratégias, também são assuntos coringas.

3.3.1) Dicas bônus para um marketing de conteúdo de sucesso

Procure sempre trazer conteúdos personalizados e humanizados para seu perfil!

Usar termos técnicos é importante, mas simplificar a forma de escrita é fundamental para passar as informações para o público leigo. Explique os assuntos de forma objetiva e clara, trazendo exemplos fáceis de entender.

Além disso, compartilhar no Instagram um pouco dos bastidores do escritório ajuda a criar conexão com os seguidores e até mesmo mostrar como a rotina de trabalho da advocacia é intensa, aumentando a percepção de valor pelos clientes.

🤓 Sei que as dicas que acabei de passar são para o Instagram, mas elas podem ser adaptadas a outras redes, como o Facebook, o Linkedin e o WhatsApp, ok?

Como você viu, sou apaixonada por marketing jurídico e acredito que é um grande trunfo para trazer excelentes resultados para os escritórios!

Mas será que existe uma fórmula garantida para atrair clientes na internet?

É claro que existe!

Eu compilei todo meu conhecimento de mais de 10 anos trabalhando com marketing jurídico digital e produção de conteúdo jurídico na internet em um guia: o ebook Marketing Jurídico Vencedor: Como Atrair Clientes Online.

Meu objetivo com o livro é ensinar a você uma fórmula garantida para que os clientes encontrem você , sempre respeitando as normas da OAB!

Este ebook traz pra você os 5 Pilares da Prospecção Online

  1. Estratégias para você se destacar online e ser encontrado pelos seus clientes

  2. As novas regras de marketing jurídico da OAB

  3. Marketing Jurídico orgânico: branding, site, SEO, redes sociais, produção de conteúdo, cartão de visitas, WhatsApp, correio eletrônico e mais!

  4. Marketing Jurídico pago: como chegar aos clientes com anúncios de forma ética e eficiente

  5. Tudo o que você precisa para montar e ter sucesso com um escritório de Advocacia digital

👉 Então clique aqui para se tornar um ímã de clientes através da internet! 😉

4) Conclusão

O Provimento n. 205/2021 trouxe mais segurança e encerrou a discussão sobre se o advogado pode fazer propaganda no Instagram.

No artigo de hoje, comentei os principais pontos envolvendo o tema e esclareci as dúvidas mais comuns dos colegas.

🧐 Observar o que diz o Provimento n. 205/2021 e o Código de Ética é fundamental para se adequar às regras da OAB. Por isso, fiz questão de explicar o que dizem as normas sobre o marketing jurídico.

Falei sobre a possibilidade de patrocinar as postagens na rede social e mostrei quais são as vantagens , principalmente em relação ao aumento do alcance e conversão do perfil.

Depois, comentei o que o advogado pode e não pode postar , aproveitando para trazer ideias de posts para a plataforma e dicas para ter sucesso na produção jurídico.

Com todas essas informações, espero que se sinta seguro para utilizar as redes sociais de forma ética , para desenvolver a sua publicidade e prospectar cada vez mais clientes! 🤗

Fontes

Além dos conteúdos já citados e linkados ao longo deste artigo, também foram consultados:

Provimento n. 205/2021 – Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil

Estatuto da Advocacia e da OAB – Lei n. 8.906/1994

Resolução n. 02/2015 – Código de Ética e Disciplina da OAB

Alessandra Strazzi

Alessandra Strazzi

Advogada por profissão, Previdenciarista por vocação e Blogueira por paixão.

Deixe um comentário aqui embaixo, vou adorar saber o que você achou!


Artigos relacionados