Calculadora Tempo de Contribuição: Online e Gratuita [INSS]

Calculadora de tempo de contribuição para advogados: descubra como fazer os cálculos de forma simples, online e gratuita.

por Alessandra Strazzi

25 de agosto de 2022

Comentáriosver comentários

Capa do post Calculadora Tempo de Contribuição: Online e Gratuita [INSS]

1) Introdução

Atendendo a pedidos de muitos de nossos leitores, hoje vou compartilhar com vocês uma dica de Calculadora de Tempo de Contribuição online e gratuita! 😍

Sei que existe a “Calculadora do INSS” , que realiza uma busca automática de todas as informações e dados de vínculos do segurado registrados nos sistemas da autarquia para calcular o tempo de contribuição.

Mas, eu não gosto de usar as calculadoras do INSS, porque ele é famoso por errar nos cálculos previdenciários (não é à toa que conquistou o título de maior réu do país).

Além disso, quem vai à guerra não usa a arma do inimigo, né? 😂

Por isso, gosto de utilizar ferramentas que sejam neutras ou pensadas para advogados , como é o caso dessa que vou indicar no artigo de hoje!

Mas, já adianto que também vou explicar sobre outros temas relacionados à contagem de tempo de contribuição , não me limitando apenas a falar sobre a calculadora.

👉🏻 Então, dá uma olhada em tudo o que você irá aprender:

  • O que é tempo de contribuição ;
  • Passo a passo de como calcular o tempo de contribuição, através de uma ferramenta online e gratuita;
  • Qual a diferença entre tempo de serviço e tempo de contribuição;
  • Quais os documentos necessários para calcular tempo de contribuição;
  • Como saber o tempo de contribuição do INSS;
  • Dica bônus: passo a passo de uma calculadora de fator previdenciário (online e gratuita).

2) Tempo de contribuição: Resumo

Para começar, quero explicar resumidamente o que é o tempo de contribuição. Afinal, esse é o nosso ponto de partida hoje! 🤓

De maneira simples, o tempo de contribuição é o tempo em que houve atividade computada pelo sistema previdenciário.

Ou seja, quanto tempo o segurado (obrigatório ou facultativo) pagou o INSS (podendo esses recolhimentos terem sido realizados pelo próprio segurado ou pelo empregador). 🗓️

Ao longo dos anos, o conceito de tempo de contribuição mudou.

Mas, atualmente, esse conceito diz respeito aos períodos em que houve contribuição obrigatória ou facultativa ao RGPS superior ao salário mínimo, contato em meses completos (§2º do art. 19-C do Decreto n. 3.048/1999).

🧐 Há, ainda, o conceito de tempo de contribuição ficto , considerado por lei como tempo de contribuição para fins de concessão de aposentadoria, mas que na realidade não houve a prestação de serviço ou a correspondente contribuição.

Para compreender melhor do que se trata, recomendo a leitura deste outro artigo que publiquei falando exclusivamente sobre ele: Tempo de Contribuição Fictício em Direito Previdenciário: entenda de uma vez por todas!

Dominar todos os detalhes envolvendo o tempo de contribuição é essencial para os advogados previdenciaristas, porque isso pode fazer total diferença na aposentadoria do cliente.

Quer saber mais sobre o cálculo do tempo de contribuição? Então assista à minha MasterClass Calculando o Tempo de Contribuição Sem Erro. A aula é gratuita e está atualizada de acordo com o Decreto 10.410/2020.

👉 Clique aqui e acesse gratuitamente! 😉

3) Calculadora de Tempo de Contribuição Gratuita: Onde Encontrar

Recentemente, um programa que eu costumava indicar para fazer a contagem de tempo de contribuição se tornou pago e, com isso, recebi muitos pedidos dos leitores para indicar uma calculadora de tempo de contribuição do INSS que continuasse gratuita.

Então, pesquisei sobre o assunto e encontrei a solução perfeita para nossos problemas, como vou explicar nos próximos tópicos!

Calculadora de tempo de contribuição INSS

3.1) Calculadora Tempo de Contribuição

Recentemente, descobri uma excelente ferramenta gratuita e online para calcular o tempo de contribuição.

Como dica boa é dica compartilhada, resolvi dividir isso com vocês! 😉

Estou falando da Calculadora de Tempo de Contribuição, desenvolvida pelos engenheiros do Cálculo Jurídico.

É uma plataforma muito simples e intuitiva , que também apresenta os resultados bem rápido. E você pode usar quantas vezes quiser, viu? Não há limite de acesso! 🤗

Você pode utilizar a calculadora gratuita de tempo de contribuição do CJ aqui mesmo, olha só:

Para facilitar ainda mais, fiz um “ passo a passo ” da ferramenta:

  1. Acesse o link da Calculadora de Tempo de Contribuição pra Advs Previdenciários;

  2. Desça um pouco a página até encontrar o título “Calculadora Simplificada de Tempo de Contribuição” e clique em “Iniciar” ;

  3. No campo “Data Base” , digite a data em relação à qual você quer calcular o tempo de contribuição (normalmente é a DIB ou DER);

  4. No campo “Data de Nascimento” , digite o dia em que o cliente nasceu;

  5. No campo “Sexo” , selecione a opção “Masculino” ou “Feminino”;

  6. No campo “Períodos de contribuição” , digite o período, informando as datas de início e fim , além do tipo (normal, especial 25, especial 20 ou especial 15).

Para adicionar outros períodos de contribuição, clique no botão “+ Período”.

  1. Ao final, clique em “Ver resultado”.

Depois disso, automaticamente , a ferramenta gera um relatório completo, contendo o resultado (tempo de contribuição, pontos, tempo de contribuição especial e fator previdenciário), os dados do cálculo e os períodos inseridos.

Desse modo, você poderá clicar em “Imprimir” e ter o resultado em mãos ou optar por “Reiniciar” , caso queira realizar um novo cálculo. 😊

Viu como é simples? E, mais que isso, é super preciso!

📹 O Cálculo Jurídico tem um vídeo explicativo que me ajudou muito na primeira vez que usei essa ferramenta. Se quiser conferir, é só clicar aqui.

3.2) Como instalar a calculadora de tempo de contribuição no seu site

Ainda, se você quiser surpreender os seus clientes (e a concorrência 😂), saiba que é possível colocar essa calculadora de tempo de contribuição dentro do próprio site do seu escritório.

Assim, os clientes conseguem acessar e ter uma noção inicial se já atingiram o tempo de contribuição necessário.

Excelente, né? E sem ter que pagar nada por isso! 🙏🏻

O Cálculo Jurídico disponibiliza um meio de você ter essa ferramenta maravilhosa na sua página. Para isso, basta seguir esse “ passo a passo ”:

  1. Acesse o link da Calculadora de Tempo de Contribuição pra Advs Previdenciários;

  2. Desça um pouco a página até encontrar o título “Calculadora Simplificada de Tempo de Contribuição” e clique em “Quero a Calculadora” ;

  3. Irá surgir uma mensagem para que você informe seu e-mail, nome e há quanto tempo atua no Direito. Digite essas informações e clique em “Acessar Calculadora” ;

  4. Em seguida, você será encaminhado para uma página do Cálculo Jurídico, que contém todas as instruções e o código para instalação no seu site.

Caso não consiga instalar sozinho, você pode enviar o código da calculadora para o profissional responsável pelo desenvolvimento do seu site e pedir para que ele adicione essa funcionalidade à página.

📹 O próprio Cálculo Jurídico também disponibilizou um vídeo explicando como fazer isso em sites no formato WordPress. Para conferir, é só clicar aqui!

4) 3 Perguntas Comuns Sobre Tempo de Contribuição

Sempre que analiso as dúvidas que são enviadas pelos nossos leitores, no que diz respeito ao tempo de contribuição, existem algumas que são mais frequentes.

Por isso, decidi responder neste artigo as 3 perguntas mais comuns!

Caso você tenha mais alguma dúvida ou sugestão de tema para os próximos artigos, compartilhe comigo nos comentários, ok? 🤗

4.1) Qual a diferença entre tempo de serviço e tempo de contribuição?

Muitos advogados não entendem ao certo a diferença entre tempo de serviço e tempo de contribuição. 🤔

Como expliquei anteriormente, o tempo de contribuição é o tempo em que houve atividade abrangida pela Previdência Social.

Teoricamente, depois da Reforma Previdenciária da EC n. 20/1998, o RGPS se tornou essencialmente contributivo, de modo que esses dados computados pela Previdência passaram a ter como obrigatoriedade contribuições , daí o nome “tempo de contribuição”.

👉🏻 Mas, antes da EC n. 20/1998, esse instituto era conhecido como “ tempo de serviço ”.

Inclusive, o art. 52 da Lei n. 8.213/1991 ainda denomina de “ aposentadoria por tempo de serviço ” o que chamamos de aposentadoria por tempo de contribuição.

É por isso que os institutos causam certa confusão e, por vezes, até mesmo são tratados como sinônimos , em razão desse histórico normativo.

⚖️ Mas, hoje, com a nova redação do §14 do art. 195 da Constituição Federal, dada pela EC n. 103/2019, é possível concluir que tempo de contribuição diz respeito à contribuição previdenciária.

Assim, não vejo mais motivo para falarmos em “tempo de serviço” de forma técnica.

De qualquer forma, se estivermos em uma discussão informal ou conversando com nossos clientes, tempo de serviço e tempo de contribuição podem ser utilizados como sinônimos.

Está gostando do artigo? Clique aqui e entre no nosso grupo do Telegram! Lá costumo conversar com os leitores sobre cada artigo publicado. 😊

4.2) Quais os documentos necessários para calcular tempo de contribuição?

Antes de iniciar o cálculo do tempo de contribuição em si, vale a pena agendar uma reunião com o cliente e solicitar que já providencie todos os documentos necessários. 📜

Se estiver em dúvida sobre quais documentos solicitar, fiz uma listinha com os principais:

  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS);
  • Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS);
  • Guias ou Carnês de recolhimento da contribuição previdenciária;
  • Certidão de Tempo de Contribuição (CTC);
  • Laudo Técnico das Condições Ambientais de Trabalho (LTCAT); e
  • Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP).

Caso verifique que existem divergências entre as datas de alguns documentos, procure entender o que houve e corrigir o erro. Uma análise minuciosa e detalhada da documentação é essencial e pode garantir o melhor benefício ao seu cliente! 😊

Além disso, em situações de contagem recíproca de tempo de contribuição , será necessário solicitar uma Certidão de Tempo de Contribuição (CTC).

🤓 Para entender tudo sobre essa certidão e aprender como funciona o procedimento para solicitação, recomendo a leitura do artigo: Guia Fácil da Certidão de Tempo de Contribuição [sem enrolação]!

4.3) Como saber o tempo de contribuição do INSS?

Por mais que pareça simples e intuitivo, muitos advogados perguntam como saber o tempo de contribuição do INSS.

🤗 Desse modo, tentei escrever um “passo a passo”, para que você consiga entender o cálculo de uma forma didática:

  • Passo 1: Subtraia a data de início e a data de fim, mas para isso você deve subtrair primeiro os dias, depois os meses e por último os anos;

  • Passo 2: Some 1 dia ao resultado (isso vai incluir o dia do início nessa conta);

  • Passo 3: Some os tempos de contribuição referentes a cada período de vínculo do segurado.

Agora, vamos a algumas observações importantes!

Quando fizer o passo 1, se a subtração entre os dias resultar em um número negativo, “transforme” um dos meses em dias (sabendo que cada mês corresponde a 30 dias).

Você deve fazer o mesmo se a subtração entre os meses resultar em um número negativo (mas aqui cada ano corresponde a 12 meses).

⚠️ Mas, vale lembrar que esse é o método para calcular o tempo de contribuição comum, viu?

Se for o caso de você calcular o tempo de contribuição especial , indico a leitura do artigo Aposentadoria Especial: Como funciona o cálculo de conversão de Tempo Especial em tempo comum.

5) Bônus: Calculadora de Fator Previdenciário

E por falar em ferramentas que facilitam a vida do advogado previdenciarista, quero trazer mais uma super dica para vocês! 😉

Trata-se da Calculadora de Fator Previdenciário, que também foi desenvolvida pelos engenheiros do Cálculo Jurídico.

Para que você entenda com mais facilidade, fiz um resumo com o “passo a passo” de como essa ferramenta funciona:

  1. Acesse o link da Calculadora de Fator Previdenciário pra Advs;

  2. Desça um pouco a página até encontrar o título “Calculadora de Fator Previdenciário” e clique em “Iniciar” ;

  3. No campo “Data do Cálculo (DIB)”, digite a data em relação à qual você quer calcular o fator previdenciário;

  4. No campo “Data de Nascimento” , digite o dia em que o cliente nasceu;

  5. No campo “Sexo” , selecione a opção “Masculino” ou “Feminino”;

  6. No campo “Tempo de contribuição” , digite o período, os anos, meses e dias;

  7. Ao final, clique em “Ver resultado”.

📹 Tem um vídeo do Cálculo Jurídico explicando certinho como funciona essa Calculadora de Fator Previdenciário e também traz esse “passo a passo”. Se quiser conferir, é só clicar aqui.

Ah, você acha que não poderia ficar melhor? Eu lhe mostro que pode sim! 🤗

Assim como a calculadora de tempo de contribuição, essa calculadora também está disponível gratuitamente para você adicionar no site do seu escritório.

🧐 Confira o passo a passo:

  1. Acesse o link da Calculadora de Fator Previdenciário pra Advs;

  2. Desça um pouco a página até encontrar o título “Calculadora de Fator Previdenciário” e clique em “Instalar a Calculadora” ;

  3. Irá surgir uma mensagem para que você informe seu e-mail, nome e há quanto tempo atua no Direito. Digite essas informações e clique em “Acessar Calculadora” ;

  4. Em seguida, você será encaminhado para uma página do Cálculo Jurídico, que contém todas as instruções e o código para instalação no seu site.

→ Obs.: se você não estiver conseguindo acessar a calculadora de fator previdenciário pelo primeiro link que eu informei, tente este aqui: Calculadora de Fator Previdenciário para Advogados

6) Conclusão

No artigo de hoje, compartilhei com vocês duas ferramentas precisas e que modificam totalmente a nossa atuação e a visão dos nossos clientes sobre o serviço prestado. 👩🏻‍💼👨🏾‍💼

Por falar nisso, mês passado eu publiquei um artigo falando sobre Como Importar Salários de Contribuição do CNIS e Carta de Concessão em 1 Minuto [GRATUITO].

Se você gostou do conteúdo de hoje, tenho certeza de que vai adorar conferir esse outro também!

E já que estamos no final do artigo, que tal darmos uma revisada? 😃

👉🏻 Para facilitar, fiz uma listinha com tudo o que você aprendeu:

  • O que é tempo de contribuição ;
  • Passo a passo de como calcular o tempo de contribuição, através de uma ferramenta online e gratuita;
  • Qual a diferença entre tempo de serviço e tempo de contribuição;
  • Quais os documentos necessários para calcular tempo de contribuição;
  • Como saber o tempo de contribuição do INSS;
  • Dica bônus: passo a passo de uma calculadora de fator previdenciário.

Fontes

Além dos conteúdos já citados e linkados ao longo deste artigo, também foram consultados:

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988

DECRETO N. 3.048, DE 6 DE MAIO DE 1999

LEI N. 8.213, DE 24 DE JULHO DE 1991

EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 103, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2019

EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 20, DE 15 DE DEZEMBRO DE 1998

Alessandra Strazzi

Alessandra Strazzi

Advogada por profissão, Previdenciarista por vocação e Blogueira por paixão.

Deixe um comentário aqui embaixo, vou adorar saber o que você achou!


Artigos relacionados